Chag Purim Sameach – 2011 | Ensinando de Sião

Artigos e estudos

Chag Purim Sameach – 2011

No último dia 19/03 a Congregação Har Tzion esteve em Festa. Foi celebrada em grande estilo a Festa de Purim em memória a grande libertação do povo Judeu nos dias do rei Assuero por intermédio da Rainha Hadássa, ou como era conhecida na Pérsia, Ester. Há algumas tradições específicas que são guardadas nesta época, dentre elas o grande banquete, a oferta aos pobres e mais recentemente a vestimenta de fantasias para caracterizar um momento de alegria e celebração.

A Congregação Har Tzion realizou uma celebração especial no sábado dia 19/03, onde após um período de música e dança, uma pequena drashá foi dada pelo Rosh Matheus Z. Guimarães. “Purim é o momento onde o Eterno nos dá sossego dos nossos inimigos, onde o nosso cálice é cheio e transborda perante nossos adversários. Antecedendo o espírito da Páscoa, o Eterno começa a estabelecer juízo sobre os inimigos que se levantam contra nós”, afirmou o rosh Matheus. “O Judeu Mordechai ordenou que o nosso povo celebrasse este dia como um memorial, um símbolo para que os povos da Terra vejam que vamos continuar existindo e celebrando ao nosso Deus ainda que o mundo nos odeie. É o próprio Deus quem nos livra dos nossos inimigos”, complementou o Rosh Matheus.

Após a ministração, as crianças da Har Tzion realizaram um maravilhoso desfile das mais belas fantasias. Este foi um momento muito alegre e descontraído. Finalmente, com as crianças todas ao lado do rabino Marcelo, foi lido em público o livro de Ester. Pela tradição, nos momentos onde o nome de Haman era pronunciado, uma grande vaia deve ecoar no recinto. A congregação Har Tzion fez juz à tradição!

O rabino Mess. Marcelo M. Guimarães abre a Festa celebrando a Havdalá de Shabat

O rabino Mess. Marcelo M. Guimarães abre a Festa celebrando a Havdalá de Shabat

Rabino Marcelo e seu neto Daniel, ou melhor, "leão da tribo de Judá"

Rabino Marcelo e seu neto Daniel, ou melhor, “leão da tribo de Judá”

Leitura pública do livro de Ester com a participação das Crianças

Leitura pública do livro de Ester com a participação das Crianças

“O espírito de Haman está mais presente do que nunca em nossos dias. Ele representa todo o ódio contra Israel e o povo Judeu. O triste é ver que este mesmo espírito anda passeando livremente nos meios cristãos, contaminando e cegando discípulos de Cristo em relação à sua verdadeira identidade de ´enxertados na Oliveira´. Como pode alguém dizer seguir ao Deus de Israel e odiar o povo de Israel? Como pode alguém se dizer discípulo do Leão da Tribo de Judá, e odiar os de Judá (Judeus)? A teologia cristã romana fez o impossível  parecer possível na cabeça dos cristãos. A Igreja evangélica diz ter saído de Roma, mas ainda está intimamente ligada pelo cordão umbilical a ela, mesmo sem perceber”, afirmou o rabino messiânico Marcelo M. Guimarães.

As crianças da Congregação Har Tzion capricharam no visual!

As crianças da Congregação Har Tzion capricharam no visual!

Crianças da Har Tzion devidamente fantasiadas

Crianças da Har Tzion devidamente fantasiadas

Momento de alegria!

Momento de alegria!

Ao redor do mundo, comunidades de Judeus e cristãos que desejam se reconectar às suas raízes, celebraram a Festa de Purim em suas congregações, alegrando-se perante o Eterno de ISRAEL e agradecendo-O pelo livramento diário das garras dos nossos inimigos.

Chag Purim Sameach! – Feliz Festa de Purim!

Autor:

Líder e fundador do Ministério Ensinando de Sião-Brasil e da Congregação Judaico-Messiânica Har Tzion - Belo Horizonte - MG. www.ensinandodesiao.org.br – www.tvsiao.com – www.ccjm.org.br

Conheça a nossa loja