Jantar para Rosh ha Shaná | Ensinando de Sião

Artigos e estudos

Jantar para Rosh ha Shaná

Rosh-Hashana

Ministério Ensinando de Sião – BRASIL/ISRAEL
www.ensinandodesiao.org.br

 

NOTA: Não sabe o que é “Rosh ha Shaná”? Clique aqui.

 

Em ambas as noites de Rosh há Shaná, alguns alimentos são utilizados como símbolos de nossos desejos para o ano que se inicia. Eles foram escolhidos, além de outras razões, por causa de seus nomes em hebraico, que se assemelham a palavras em hebraico que traduzem nossos votos para Rosh há Shaná.

Estes alimentos são ingeridos logo após o Kidush especial de Rosh há Shaná e preferencialmente, antes do Jantar (lembrando que a chalá para Rosh há Shaná é redonda, pois simboliza o ciclo da vida e também uma “coroa”, lembrando-nos da soberania do Eterno). Para ver nosso curso de culinária com uma receita especial para o jantar de Rosh ha Shaná, clique AQUI

Estes são os alimentos tradicionalmente ingeridos pelos judeus de origem Sefaradita nas noites de Rosh há Shaná (há algumas diferenças dependendo da comunidade. Como Judeus discípulos de Yeshua, retiramos os alimentos relacionados ao extermínio dos nossos inimigos, pedindo apenas para que sejam confundidos – Sl 35:4). Antes da ingestão de cada um deles, uma bênção específica é recitada:

– Damasco
– Feijão de cor clara
– Abóbora (moranga ou cenoura)
– Romã
– Maça com mel
– Cabeça de peixe

 

ROTEIRO:

1. Acendimento das luzes (realizado pela mulher):
BARUCH ATÁ ADONAI ELOHÊNU MÉLECH HAOLAM, ASHER KIDESHÂNU BEMITSVOTÁV, VETSIVÂNU LEHADLÍC NER SHEL YOM TÔV
Bendito sejas Tu, Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que nos santificou com Seus mandamentos e nos ordenou acender a vela de Yom Tôv.

BARUCH ATÁ ADONAI ELOHÊNU MÉLECH HAOLAM, SHEHECHEYÂNU VEKIYEMÂNU VEHIGUIÂNU LIZMAN HAZÊ.
Bendito sejas Tu, Eterno nosso D’us, Rei do Universo, que nos deu vida, nos manteve e nos fez chegar até a presente época.

2. Kidush (realizado pelo homem):
BARUCH ATÁ ADONAI ELOHÊNU MÉLECH HAOLÂM BORÊ PRI HAGUAFÉN.

Bendito sejas Tu, Senhor nosso D’us, Rei do universo, que criaste o fruto da videira.

BARUCH ATÁ ADONAI ELOHÊNU MÉLECH HAOLÂM ASHER BACHÁR
BÂNU MIKÔL AM. VEROMEMÂNU MIKOL LASHÔN. VEKIDESHÂNU
BEMITSVOTÁV VATITÊN LÂNU ADONAI ELOHÊNU BEAHAVÁ ET IOM
HAZIKARÓN HAZÉ VEET IOM TOV MIKRÁ KODESH HAZÊ IOM TERÚA
BEAHAVÁ MIKRÁ KÔDESH ZÉCHER LYITSIÁT MITSRÁYIM. UDEVARÊCHA
MALKÊNU EMÊT VEKAYIÂM LAÁD. BARUCH ATÁ ADONAI MÉLECH AL KÔL HAÁRETS MEKADÊSH YISRAEL VEIÔM HAZIKARÔN.

Bendito sejas Tu, Senhor nosso D’us, Rei do universo, que nos escolheste dentre todos os povos, nos elevaste acima de todas as nações e nos santificaste com teus mandamentos. E Tu nos tem dado com amor este dia de recordação, um dia festivo de santa convocação, dia do sopro do Shofar, com amor para uma santa convocação, em memória do Êxodo do Egito. Pois nos escolheste e nos santificaste sobre todos os povos; e Tua palavra, nosso Rei, é verdadeira e determinada para sempre. Bendito sejas Tu, Senhor, Rei de toda a Terra, que santificas Israel e o dia da recordação.

BARUCH ATÁ ADO-NAI ELO-HÊNU MÉLECH HAOLÁM SHEHECHEYIÂNU
VEKYIMÂNU VEHIGUIÂNU LAZEMÂN HAZÊ.

Bendito sejas Tu, Senhor nosso D’us, Rei do universo, que nos deste vida, nos sustentaste e nos fizeste chegar a esta época.

3. Netilát Iadáim (lavagem simbólica das mãos – todos realizam)
BARUCH ATÁ ADONAI ELOHENU MÉLECH HAOLÂM ASHÊR KIDESHÂNU BEMITZVOTÁV VETZIVÂNU AL NETILÁT YADÁIM.

Bendito sejas Tu, Senhor nosso D’us, Rei do Universo, que nos santificaste com Teus mandamentos e nos ordenaste lavar as mãos.

4. Bênção das Chalôt (redondas):

BARUCH ATÁ ADONAI ELOHENU MÉLECH HAOLÂM HAMOTZÍ LÉCHEM
MIN HAÁRETZ.

Bendito sejas Tu, Senhor nosso D’us, Rei do Universo, que tiras o pão da terra.

O chefe da casa parte um pedaço de pão, imerge-o no mel ou açúcar e o come, oferecendo em seguida um pedaço a cada um dos presentes.

5. Bênção dos alimentos simbólicos

É costume comer determinados alimentos antes do jantar de Rosh há Shaná devido à conotação sugerida por seus nomes. Antes de comê-los, são recitadas as seguintes bênçãos:

תפוח בדבש Pega-se a maçã adoçada em açúcar e mel e recita-se:
BARUCH ATÁ ADONAI ELOHENU MÉLECH HAOLÂM BORÊ PRÍ HAÊTZ.
YEHÍ RATZÔN MILEFANÊCHA ADONAI ELOHENU VELOHEI AVOTÊNU SHETECHADÊSH ALÊNU SHANÁ TOVÁ UMETUCÁ (CADEVÁSH).
“Bendito sejas Tu, Senhor nosso D’us, Rei do Universo, que criaste o fruto da árvore.
“Que seja Tua vontade, Senhor nosso D’us, D’us de nossos pais, conceder-nos um ano bom e doce” (como o mel).

מישמש Sobre o damasco, diz-se: (relacionado com a palavra בוש vergonha)
YEHÍ RATZÔN MILEFANÊCHA ADONAI ELOHENU VELOHEI AVOTÊNU SHEYIEVSHÚ OYVÊNU VESONÊNU VECHÔL MEVAKSHÊ RAATÊNU.
“Que seja Tua vontade, Senhor nosso D’us, D’us de nossos pais, que todos os nossos inimigos e todos aqueles que queiram fazer-nos mal, sejam envergonhados”.

קרא Sobre a abóbora, diz-se: (Relacionado com a palavra קרע – rasgar, e também קרא – proclamar)
YEHÍ RATZÔN MILEFANÊCHA ADONAI ELOHÊNU VELOHEI AVOTÊNU SHETIKRÁ RÔA GUEZÁR DINÊNU VEYIKARÚ LEFANÊCHA ZACHIOTÊNU.
“Que seja Tua vontade, Senhor nosso D’us, D’us de nossos pais, que rasgues os decretos negativos e que nossas boas ações sejam proclamadas perante Ti”.

רוביא—לוביא Sobre o feijão, diz-se: (Relacionado com as palavras רב—muitos, e לב—coração)
YEHÍ RATZÔN MILEFANÊCHA ADONAI ELOHÊNU VELOHÊI AVOTÊNU SHEYIRBÚ ZACHIOTÊNU UTLABEVENU.
“Que seja Tua vontade, Senhor nosso D’us, D’us de nossos pais, que nossos méritos e virtudes sejam aumentados”.

רימון Sobre a romã:
YEHÍ RATZÔN MILEFANÊCHA ADONAI ELOHÊNU VELOHÊI AVOTÊNU SHENIHIÊ MELÉIM CARIMÔN.
“Que seja Tua vontade, Senhor nosso D’us, D’us de nossos pais, que nossas mitzvot sejam tão numerosas quanto os grãos da romã”.

ראש Pega-se um pedaço da cabeça peixe, e diz-se:
YEHÍ RATZÔN MILEFANÊCHA ADONAI ELOHÊNU VELOHÊI AVOTÊNU SHENIHIÊ LERÓSH VELÔ LEZANÁV.
“Que seja Tua vontade, Senhor nosso D’us, D’us de nossos pais, que sejamos colocados por cabeça (bem-sucedidos) e não na cauda, em todos os nossos empreendimentos.

Em seguida faz-se a refeição de Rosh Hashaná, com muita alegria! (Para ver nosso curso de culinária com uma receita especial para o jantar de Rosh ha Shaná, clique AQUI.)

Shaná tová u’Metuká!
(Um ano bom e doce)

Autor:

Nascido em 1977, Matheus é descendente de Judeus com origem na Itália e em Portugal. É graduado em Comunicação Social (PUC-MG) tendo também estudado teologia com ênfase em Estudos Judaicos (EUA) e Hebraico e Cultura Judaica (Israel). Atua como professor na Sinagoga Har Tzion, em Belo Horizonte, desde 2001. Atualmente, é vice-presidente do Ministério Ensinando de Sião – Brasil, diretor do CATES (Centro Avançado de Teologia Ensinando de Sião), da TVSIAO.COM e um dos líderes da Sinagoga Har Tzion. Matheus é casado com Tatiane e tem dois lindos filhos, Daniel e Benjamin. (facebook.com/mzandonna)

Conheça a nossa loja