Yamim Noraim (Dias de Temor) | Ensinando de Sião

Artigos e estudos

Yamim Noraim (Dias de Temor)

“Teshuva L’Adonai” – Retorno ao Eterno

 

Estamos no mês Judaico de ELUL. Por estarmos a 40 dias do Yom Kipur (dia da expiação) e a 30 dias do Rosh Há shaná, o mês de ELUL torna-se um período de introspecção, arrependimento, análise e avaliação de nossas vidas perante o Eterno e principalmente perante o nosso próximo. As “slichot” (orações especiais de confissão e arrependimento) e o toque matinal do shofar são presentes durante o mês de Elul, em preparação para Rosh Há Shaná (o dia em que nos apresentamos diante do tribunal celeste).

São 40 “Yamim Noraim” (Dias de Temor) até Yom Kipur, o dia do veredicto. O mês de Elul é marcado por reaproximações, confissões, perdão e restituição das faltas que cometemos contra o nosso próximo. É requerido o conserto de nosso relacionamento com outras pessoas para então pedirmos perdão ao Eterno pelas faltas cometidas contra Ele. É uma época de “teshuvá” (retorno, arrependimento) onde o relacionamento humano é aprimorado visando a aceitação do Eterno. Segundo a Torá, a maneira como tratamos o nosso próximo reflete a maneira como nos relacionamos com o Eterno.

Se analisarmos o famoso texto de Cantares 6:3: אני לדודי ודודי לי (Eu sou do meu amado e o meu amado é meu), veremos que a primeira letra de cada palavra forma a palavra “ELUL”. Talvez, o Eterno estivesse nos relembrando que se nos voltarmos a Ele verdadeiramente, buscando-O de todo o coração e tratando o nosso próximo com justiça e amor, seremos aceitos como a menina de Seus olhos, Sua propriedade particular.

Shalom e “bom arrependimento” a todos nós!

Autor:

Nascido em 1977, Matheus é descendente de Judeus com origem na Itália e em Portugal. É graduado em Comunicação Social (PUC-MG) tendo também estudado teologia com ênfase em Estudos Judaicos (EUA) e Hebraico e Cultura Judaica (Israel). Atua como professor na Sinagoga Har Tzion, em Belo Horizonte, desde 2001. Atualmente, é vice-presidente do Ministério Ensinando de Sião – Brasil, diretor do CATES (Centro Avançado de Teologia Ensinando de Sião), da TVSIAO.COM e um dos líderes da Sinagoga Har Tzion. Matheus é casado com Tatiane e tem dois lindos filhos, Daniel e Benjamin. (facebook.com/mzandonna)

Conheça a nossa loja