Os dois lados do Messias | Ensinando de Sião

Artigos e estudos

Os dois lados do Messias

extraído do livro: Desvendando os Mistérios Proféticos de Israel, por Jonathan Bernis

 

Admito que alguém que lê o que as Escrituras Hebraicas têm a dizer sobre o Messias pode ficar um pouco confuso. Em algumas passagens Ele nos é apresentado como um grande conquistador que vai guerrear contra seus inimigos e vingar Seu povo. Estas referências estão relacionadas à Sua realeza. Em outras referências, Ele é apresentado como um servo manso e humilde, que deve ser rejeitado, sofrer e morrer. Estas referências estão relacionadas à Sua servidão. Como podem ser reconciliadas estas profecias acerca do Messias aparentemente contraditórias?

Poderia haver dois Messias? Os antigos sábios de Israel pensaram que sim. Eles acreditavam que o primeiro, Messias ben Yosef (filho de José) seria rejeitado por seus irmãos como José, o filho de Raquel, foi. Ele foi vendido como escravo, mas depois levantou-se para salvar sua família da fome. O segundo, Messias ben David (filho de Davi), restauraria a idade áurea de Israel e, como seu antepassado Davi, legislaria e reinaria sobre um reino de paz e abundância.

Realmente, eles não estavam tão distantes da verdade. Mas ao invés de dois Messias, cada um deles vindo uma vez, sabemos agora, através da revelação do Novo Testamento, que o Velho Testamento profetizou um só Messias vindo duas vezes!

hqdefault

Na primeira vez que o Messias apareceu na Terra, Ele veio como um humilde servo nascido numa caverna fria. Quando Ele vier novamente, “Ele virá  nas nuvens e todo olho O verá” (Ap 1:7).

Quando Yeshua nasceu neste mundo, há dois mil anos, Ele veio como o Servo Sofredor, prenunciado pelo profeta Isaías:

“Quem creu em nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do SENHOR? Porque foi subindo como renovo perante ele e como raiz de uma terra seca; não tinha aparência nem formosura; olhamo-lo, mas nenhuma beleza havia que nos agradasse. Era desprezado e o mais rejeitado entre os homens; homem de dores e que sabe o que é padecer; e, como um de quem os homens escondem o rosto, era desprezado, e dele não fizemos caso. Certamente, ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas ele foi traspassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo caminho, mas o SENHOR fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos. Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca; como cordeiro foi levado ao matadouro; e, como ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a boca.”

―ISAÍAS 53:1-7

 

O livro de Apocalipse mostra uma imagem completamente diferente do retorno do Messias:

“Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro e julga e peleja com justiça. Os seus olhos são chama de fogo; na sua cabeça, há muitos diademas; tem um nome escrito que ninguém conhece, senão ele mesmo. E seguiam-no os exércitos que há no céu, montando cavalos brancos, com vestiduras de linho finíssimo, branco e puro. Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as regerá com cetro de ferro e, pessoalmente, pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso. Tem no seu manto e na sua coxa um nome inscrito: REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES.”

―APOCALIPSE 19:11-12,14-16

 

Você pode ter certeza que o Messias está voltando não como Servo Sofredor, mas como o grande Rei dos reis e Senhor dos senhores que vencerá o mal e regerá sobre todas as nações. Ele nos chama a estar vigilantes, aguardando e prontos para Seu retorno.

Autor:

Matheus Zandona Guimarães é descendente de Judeus com origem na Itália e em Portugal. Graduado em Comunicação Social, estudou teologia com ênfase em Estudos Judaicos nos EUA e Hebraico e Cultura Judaica em Jerusalém - Israel. É vice-presidente do Ministério Ensinando de Sião – Brasil, diretor do CATES (Centro Avançado de Teologia Ensinando de Sião), da TVSIAO.COM e um dos líderes da Sinagoga Har Tzion em Belo Horizonte. Matheus é casado com Tatiane e tem dois lindos filhos, Daniel e Benjamin. (facebook.com/mzandonna)

Conheça a nossa loja