Artigos e estudos | Ensinando de Sião - Part 3

Artigos e estudos

24.09.2019 . Por Matheus Zandona Guimarães

A Festa de Rosh Ha Shaná

A celebração de Rosh há Shaná (literalmente: “cabeça ou primeiro do Ano”), marca o início do ano judaico e é celebrado no primeiro dia do mês de Tishrei. Na verdade, os rabinos dizem que Rosh Há Shaná é o aniversário da criação, e que estaríamos completando 5776 anos de existência do ser humano. Todos sabem que no calendário bíblico o ano novo começa com o 1° mês, o mês atual de Nissan (geralmente em março/abril), com a festa da Páscoa como marco. Mas após o exílio na Babilônia, a contagem dos meses sofre alteração cronológica e nominal, e o primeiro mês passa a ser o sétimo (Tishrei). O dia da Trombeta, ou Yom Teruá, é celebrado no 1° dia do 7° mês, com grande convocação e toque do shofar (Lv 23:24-25).

10.09.2019 . Por Matheus Zandona Guimarães

Os 22 anos da Congregação Har Tzion

וְאָנֹכִי וּבֵיתִי נַעֲבֹד אֶת־יְהוָה׃ (Js 24:15) Quanto a mim e minha casa, serviremos ao Eterno! Neste […]

27.08.2019 . Por Marcelo M. Guimarães

A Dieta Saudável da Bíblia

Por Marcelo M. Guimarães Se D-us criou o homem como o ápice de Sua criação […]

8.08.2019 . Por Matheus Zandona Guimarães

Tishá be Av – Lamento e Arrependimento

Tishá be Áv (dia 9 do mês de Av) é o segundo jejum mais importante do calendário judaico. Neste dia, jejuamos e lamentamos por vários eventos que trouxeram calamidade para o nosso povo, que por coincidência ou não, ocorreram todos no mesmo dia, no 9° dia de Av. Geralmente este dia cai no início do mês de AGOSTO, no calendário gregoriano. Vemos em algumas referências da Tanách (como Zc 7:3), que neste dia já era costume o jejum e o lamento. Também o Talmud (Taanit 29a) e a Mishná (Taanit 4:6), fazem referência ao Tishá be Áv. Lamentamos e nos lembramos dos seguintes eventos que ocorreram neste dia:

1.08.2019 . Por Matheus Zandona Guimarães

Relembrando Paulo: O Apóstolo para os Gentios

Embora a literatura da igreja primitiva registre frequentemente a maneira pela qual os apóstolos e […]

21.07.2019 . Por Matheus Zandona Guimarães

Até na morte o justo é fonte de bênçãos

IMPACTANTE TESTEMUNHO: Mesmo na morte o justo é fonte de bênçãos. Adonai Dayan ha Emet […]

3.06.2019 . Por Matheus Zandona Guimarães

Shavuôt e a capacitação dos Santos

Estaremos celebrando em algumas semanas a Festa de Shavuôt (Pentecostes). Shavuôt é uma das três festas de peregrinação mencionadas na Torá, além de Páscoa (Pêssach) e Sucôt (Tabernáculos). Nestas festas, judeus e não judeus de todas as partes do mundo se reuniam em Jerusalém para adorar ao Deus de Abraão, Isaque e Jacó.

2.05.2019 . Por Matheus Zandona Guimarães

A mutação do antissemitismo

por rabino Jonathan Sacks Ainda com a memória viva do Holocausto, após o mundo ter […]

10.03.2019 . Por Matheus Zandona Guimarães

Os dois lados do Messias

extraído do livro: Desvendando os Mistérios Proféticos de Israel, por Jonathan Bernis Admito que alguém […]

10.02.2019 . Por Marcelo M. Guimarães

Você sabia que muitos brasileiros são descendentes de judeus?

Um povo para ser destacado dentre as nações precisa conhecer sua identidade, buscando profundamente suas raízes. Os povos formadores do tronco racial do Brasil são perfeitamente conhecidos, como: o índio, o negro e o branco, destacando o elemento português, nosso colonizador. Mas, quem foram estes brancos portugueses? Pôr que eles vieram colonizar o Brasil ? Viriam eles atraídos só pelas riquezas e Maravilhas da terra Pau-Brasil ? A grande verdade é que muitos historiadores do Brasil colonial ocultaram uma casta étnica que havia em Portugal denominada por cristãos-novos, ou seja, os Judeus ! Pôr que ? (responder esta pergunta poderia ser objeto de um outro artigo).